Combustíveis fósseis e seus malefícios para o planeta

Entenda o que são os combustíveis fósseis, sua origem e como a sua extração pode impactar o meio ambiente e prejudicar a vida no planeta.

Os combustíveis fósseis são chamados dessa forma porque são originados da decomposição de restos de plantas e animais, processo que ocorre durante milhares, ou até milhões de anos. 

Eles são utilizados desde a época da Revolução Industrial por conta da sua capacidade de produção de energia e alto poder de calor.

Os tipos mais conhecidos são o petróleo, o carvão mineral e o gás natural. Por terem origem e matérias-primas que levam milhões de anos para se originarem, são considerados como recursos não renováveis e sua utilização gera uma série de impactos ambientais.

Origem dos combustíveis fósseis

Os combustíveis fósseis são recursos naturais que levam esse nome porque a sua origem está associada com a decomposição de material orgânico nas camadas de bacias sedimentares, seja no continente ou abaixo dos oceanos. A sua formação ocorre de forma semelhante à dos fósseis.

Por terem origem na decomposição de plantas e animais ao longo de muitos e muitos anos, são considerados recursos não renováveis, ou seja, eles são explorados e isso vai afetando cada vez mais a sua disponibilidade, já que para que se formem novamente são necessários milhões de anos.

Esses combustíveis possuem um enorme potencial para a produção de energia, devido ao seu alto teor calorífico. Por conta disso, existem muitos países que travam conflitos por áreas onde contenham grandes reservas de algum deles. Um exemplo disso foi a Guerra do Golfo, que aconteceu no início da década de 90 entre o Iraque e o Kuwait, países localizados no sudoeste da Ásia.

Tipos de combustíveis fósseis

Petróleo 

Desde o século XIX, é considerado a principal fonte de energia utilizada pela humanidade. De modo geral, onde existem reservas petrolíferas também existe a presença de gás natural.

O petróleo é formado com uma base de matéria orgânica depositada nas áreas de bacias sedimentares. Com o passar do tempo, o calor das rochas e a pressão exercida sobre elas, surge uma substância que contém hidrocarbonetos em forma líquida e gasosa.

A partir dele, é produzido gasolina, óleo diesel e ainda é utilizado para a confecção de polímeros, que são ingredientes utilizados na fabricação de plástico.

Gás natural 

Pode ser encontrado nas reservas de petróleo, pois ele se forma de maneira semelhante. É muito utilizado para a geração de energia, no aquecimento de caldeiras em usinas termelétricas. É utilizado ainda, no aquecimento de casas, especialmente nos países mais frios do planeta.

Carvão mineral

Consiste em uma rocha sedimentar fossilizada com alto grau de poluição. Durante a Revolução Industrial, foi o combustível mais utilizado. Essas rochas contam com grande concentração de carbono e baixa quantidade de oxigênio. São formadas pela decomposição de amplas áreas de florestas.

Quanto maior for a concentração de carbono, mais calor o carvão irá gerar. Existem classificações do carvão de acordo com a quantidade de carbono.

É muito utilizado pelas usinas termelétricas, em siderúrgicas, indústrias químicas e outras indústrias que necessitam de grande quantidade de calor para sua produção.

Impactos ambientais e malefícios dos combustíveis fósseis para o planeta

Embora os combustíveis fósseis sejam uma fonte que promove alta produção de energia, além de servir como fonte de aquecimento para residências nos dias mais frios, seu uso exagerado gera graves problemas ambientais, não somente nos países que os produzem, mas em todo o planeta.

A queima dos combustíveis fósseis causa grande poluição e afeta a saúde e a qualidade de vida das pessoas, dos animais e de todas as espécies de vida que habitam o planeta.

Exemplos dos impactos ambientais gerados são as chuvas ácidas, a aceleração do efeito estufa, destruição da camada de ozônio, poluição do ar, do solo, dos oceanos, dos rios e do meio ambiente em geral.

Durante a extração do carvão, por exemplo, são abertas grandes jazidas que comprometem a capacidade de recuperação do solo. Até mesmo durante o transporte, caso haja vazamentos nos navios, grandes áreas oceânicas podem ser afetadas, matando animais, plantas e prejudicando a vida marinha.

Como contribuir para a redução desses impactos?

Se informar e conhecer a realidade de tudo o que acontece em nosso planeta é o primeiro passo para desenvolver uma nova consciência. 

É claro que, nossas atitudes não vão mudar essa realidade de uma hora para a outra, mas podem amenizar os impactos e inspirar cada vez mais pessoas a terem atitudes de preservação.

Nesse caso, a saída é buscar utilizar cada vez menos produtos que contribuam para a extração dos combustíveis fósseis e investir cada vez mais em energias limpas e renováveis.

Aqui na Global Tape nós já estamos nesse caminho. Visite nosso site e conheça nosso processo produtivo que está cada dia mais sustentável e eficiente. 

Seja parceiro de empresas que se preocupam com o futuro!

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin