Fita adesiva na webcam te protege de ataques virtuais

Até Mark Zuckerberg faz uso de fita adesiva para cobrir a webcam e se proteger de possíveis ataques. Entenda porque ele faz isso.

Cobrir a webcam de notebooks e tablets com fita adesiva tem se tornado um hábito frequente entre usuários que buscam se proteger contra os temidos ataques hackers.

Caso você ainda não tenha ouvido falar nesse assunto, saiba que até mesmo Mark Zuckerberg, o criador do Facebook, já publicou em suas redes sociais, fotos onde a câmera e até mesmo o microfone do seu computador, aparecem cobertos com fita isolante.

E ele não é a única pessoa que faz isso. James Comey, diretor do FBI (Federal Bureau of Investigation), durante uma conferência realizada no Center for Strategic and International Study, falou sobre a importância dessa ação.

Segundo ele, isso é necessário para evitar perigosas e potencialmente embaraçosas invasões de privacidade por parte de organizações ou pessoas mal intencionadas.

Por mais estranha que pareça a recomendação, ela tem sim fundamento e visa tornar a nossa experiência com o computador mais segura, garantindo a privacidade de cada um.

Mas, quais são os riscos de deixar a webcam aberta?

A grande maioria das pessoas acredita que a webcam só fica ativa quando o LED está ligado, mas nem sempre é assim. Há casos registrados de webcams que foram ligadas por invasores que não ativaram o LED, mostrando que o sistema não é 100% seguro.

Quando um invasor consegue fazer isso, pode tirar fotos e fazer filmagens, sem que a vítima possa perceber. Podendo, mais tarde, utilizar esses arquivos como forma de chantagem para conseguir dinheiro, por exemplo.

Como funcionam esses ataques?

Esses invasores utilizam softwares (programas de computadores), geralmente do tipo Malware de acesso remoto, que são instalados no computador da vítima e conseguem controlar, mesmo a distância, diversas ferramentas, incluindo a webcam e o microfone.

Em casos onde a webcam fica conectada a internet, o trabalho dos hackers fica ainda mais fácil, porque eles conseguem utilizar o endereço IP do equipamento para fazer o acesso. Eles precisam de uma senha para isso, mas como dificilmente as pessoas alteram a senha de fábrica do produto, eles conseguem acionar com a senha padrão.

Como se proteger desses ataques?

No manual de instruções da sua webcam deve conter um passo a passo de como alterar a senha de fábrica.

Outra medida simples e barata, que também funciona para sua proteção, é tampar a câmera utilizando alguma fita adesiva, assim como foi recomendado pelo FBI.

Isso é uma prova de que as fitas adesivas estão realmente cada dia mais presentes em nossas vidas, desempenhando novas e importantes funções. Nesse caso, ajudando a proteger a privacidade e garantir a segurança ao usar o computador.

E aí, já cobriu a sua webcam? Você pode fazer isso utilizando os produtos Global Tape. Acesse o nosso site e conheça mais sobre nosso trabalho.

Curtiu o conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin